O Zen Vale dos Sinos tem como missão difundir os ensinamentos de Buda Shakiamuni em benefício de todos os seres.

sábado, 24 de abril de 2010


RETIRO COM COEN ROSHI

Dias 01 e 02 de maio

Vila Zen - Viamão

Informações
www.viazen.org.br


quinta-feira, 22 de abril de 2010


PAAR – Projeto Amigos dos Animais de Rua

É uma ONG de nossa cidade engajada em recolher gatos e cães na rua que estejam em situação de sofrimento. A seguir são encaminhados para casa de passagem onde são tratados, castrados e encaminhados para adoção. Para ajudar nas despesas, estão promovendo um BAZAR, onde a cooperação de todos é importante. Você também pode ajudar doando roupas, calçados, acessórios, utensílios domésticos , livros, brinquedos, enfim tudo que você não precisa mas que esteja em bom estado.

O ZEN VALE DOS SINOS APOIA ESTA IDÉIA

INFORME-SE

quinta-feira, 15 de abril de 2010






Monja Kokai representou o Zen Vale dos Sinos no evento promovido pela Universidade do Vale dos Rio dos Sinos - Unisinos, que trouxe para palestrar o Prof. Dr. Afonso Ligório Soares, Teólogo e doutor em Ciência das Religiões, professor da PUC de São Paulo. O tema abordado foi Reflexões sobre a experiência Interreligiosa no contexto universitário: Que caminhos seguir?
Sua fala aponta para a necessidade de construir uma teologia pluralista, transreligiosa, pleni-religiosa , e que deve ser tema de estudo em todas as universidades e em todas as áreas dos saber. Para saber mais acessar Revista IHU Online.

terça-feira, 13 de abril de 2010



LEMBRANDO NOSSAS PRÓXIMAS ATIVIDADES


SÁBADO
DIA 17 DE ABRIL
14h - 16h
OFICINA DE INTRODUÇÃO AO ZEN-BUDISMO
e
CAMINHADA MEDITATIVA CURA DA TERRA
17h
Na praça Amadeo Rossi
Traga seu chimarrão e participe!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

08 DE ABRIL - DIA DO NASCIMENTO DE BUDA.







Nasce-nascendo, de forma natural, uma criança, berrando o primeiro grito. Respira o ar e supera a surpresa de estar além da área ventral. Entretanto, percebe que continua dentro de um útero maior, comum a mais seres, alguns correndo, empurrando, matando, roubando, mentindo, morrendo e escondendo de si a verdade tão simples de que todos formamos um corpo gigante de matéria viva em eterna transformação.

Alguns já percebem a grande harmonia criada a cada átimo de segundo. Assim foi que um dia, há mais de 2600 anos, nasceu um menino, filho de reis soberanos. Era 8 de abril. Choveu néctar dos deuses, e a mãe do menino sorriu. Teria, segundo a tradição, andado sete passos em cada uma das quatro direções: norte, sul, leste e oeste. Parou, levantou a mão direita para o céu e com a esquerda apontou a terra dizendo:

“Entre o céu e a terra sou o único a ser venerado”

Há quem acredite que tudo isso aconteceu. Outros dizem que é simbólico. Como poderia um recém-nascido andar e falar? O fato é que os textos sagrados guardam essa história...

...Em sua homenagem, ainda hoje, faz-se um altar de flores e um Buda menino que todos banham chá adocicado como o néctar do dia em que nasceu. Na verdade, não foi há mais de 2600 anos. Nasce um Buda a cada instante e não só em países distantes.

Budas tantos quantos os grãos de areia no rio Ganges.

Palavras do Darma por Coen Roshi.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Orientações para a Recitação de Sutras


Ao recitarmos um sutra, devemos estar atentos para:

- Nos concentrarmos com todo o coração na recitação;

- Recitarmos com os ouvidos, através do escutar atentamente nossa voz;

- Em seguida, nossa voz se torna um com a voz da mestra/mestre, monja/monge ou do ino, assim como do grupo todo, formando uma só voz;

- Recitar o sutra em conjunto é uma prática de não-eu, de nos esquecermos de nós mesmos para que o sutra possa recitar a si mesmo e o Darma se manifestar através de nós.

- Devemos ter atenção com o livro de sutras, manejando-o com respeito e cuidado.


Possamos, com gratidão, receber o Darma assim como a terra recebe uma leve chuva de primavera.

Ensinamentos de Monja Zuiten